Carros elétricos - Foto Reprodução Mercedes
Carros Elétricos

Carros elétricos passam de tendência a afirmação entre as montadoras

Carros elétricos movimentam as principais fabricantes

Os carros elétricos deixaram de ser apenas uma tendência, agora são realidade e passam a integrar o quadro de veículos de várias fabricantes no mundo todo, muitas já inclusive anunciaram que irão investir pesado no desenvolvimento dos carros elétricos.

Este ano de 2017 foi uma espécie de divisor de águas para a indústria automobilística, tendo em vista que praticamente todas as fabricantes globais anunciaram investimento em carros elétricos, a intenção foca diminuir as taxas de emissão de poluentes. Seja um carro totalmente elétrico ou até mesmo os que funcionam com eletricidade e também gasolina, os modelos híbridos.

As principais montadoras que já anunciaram investir alto em carros elétricos e híbridos são: Mercedes, VW – Volkswagen, GM – General Motors, BMW, Jaguar (Land Rover), Toyota e a Ford, todos com objetivo de diminuir o uso de motores a combustão, movidos geralmente a gasolina ou diesel.

Carros elétricos - Foto Reprodução Mercedes
Carros elétricos – Foto Reprodução Mercedes

A General Motors, com objetivo claro de liderar o mercado, divulgou que vai incluir 20 carros totalmente elétricos e movidos a célula de combustível até 2023 em sua linha de veículos. Sendo que os dois primeiros carros elétricos já devem chegar ao mercado em até 1 ano e meio, desenvolvidos com base na plataforma do novo Chevrolet Bolt.

A Ford decidiu cortar 14 bilhões de dólares em custos e direcionar um investimento maior em veículos elétricos nos próximos anos, já a Toyota anunciou que até 2030 deverá estar vendendo 5,5 milhões de carros elétricos por ano.

A Volkswagen promete investir em torno de 50 bilhões de euros na criação e desenvolvimento de novos veículos deste segmento, tendo como principal ambição deixar para trás a Tesla na produção de carros elétricos nos próximos 3 anos.

E-UP Carros elétricos
E-UP! Carros elétricos – Foto Reprodução Mercedes

Algumas fabricantes de carros de luxo, também conhecidas por fazerem carros de alto desempenho, entraram de vez na onda dessa nova realidade do mercado. A BMW afirma que deve lançar 25 modelos para o segmento até 2025, incluindo carros da sua divisão esportiva M e até mesmo da Rolls Royce.

O grupo Jaguar Land Rover e a Volvo anunciaram que até 2020 terão em suas linhas de produção somente modelos híbridos ou 100% elétricos. A Maserati não deixou por menos e já anunciou inclusive data para o lançamento de seu modelo movido a eletricidade, o esportivo elétrico Alfieri chega no ano de 2020 ao mercado.

Motivador para afirmação dos carros elétricos

Essa mudança de rumo no mercado de carros elétricos tem uma explicação, não aconteceu de forma tão natural como pode parecer, mas sim como uma resposta ao forte movimento da União Europeia e de vários outros países a favor da redução de emissões.

Países como a Inglaterra e a França por exemplo, pretendem proibir a venda de novos carros e vans movidos a gasolina e diesel até o ano 2040, visando cumprir com objetivos e metas de acordos internacionais para diminuir o impacto nas mudanças climáticas.

A China tem como meta até 2019 obrigar as fabricantes a vender no mínimo 10% de um total de vendas de carros elétricos ou híbridos, no ano seguinte aumenta 2% e assim por diante, tudo para combater os níveis preocupantes de poluição no país.

Com isso a tendência do mercado de carros elétricos é aumentar muito mais rápido do que aumentaria se nada fosse feito no sentido de pressionar contra a emissão de poluentes no planeta, veremos como se comporta o mercado brasileiro.

Compartilhar e Curtir:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *